Sports Accounting: An Analysis of Brazilian Soccer Clubs Revenue Segregation in Adequacy to NBC ITG 2003

Danielly Marques Frazão, Arthur do Nascimento Ferreira Barros, Ana Lúcia Fontes de Souza, Maria Cleonice de Oliveira Pereira

Resumo


This article aims to analyze the financial statements of the 20 football clubs of the 2018’s Brazilian first division championship, in order to identify how the clubs are segregating the revenues related to the professional sports activity in their 2017’s financial statements, according to the Interpretação Técnica Geral 2003. The content analysis technique was used, which consists of perceiving the existence or the lack of information about a specific issue. Data were collected on the websites of participating sample clubs shortly after the deadline for disclosure of the mandatory financial statements. It was perceived that most of the clubs segregate from professional sports activities (87.5%) and discriminate by the nature of revenue between ticketing sales, sponsorship, television, transfer of athletes, among others (80%). In addition, clubs with high disclosure levels and good quality information had a better sporting performance than those who have not. However, clubs still do not meet the obligation of Interpretação Técnica Geral 2003 even after 4 years since it has been publicized. Moreover, there is a lack of comparability between the statements and the quality of the information disclosed, essential aspects for the users. This paper contributes to the research field that it is dispersed in Brazil, and furthermore, it can improve the management in soccer clubs showing the importance of disclosure and good quality information.

 


Palavras-chave


Sporting Organizations; NBC ITG 2003; Revenue Segregation

Referências


Branco, M. C. (2010). Informação sobre combate à corrupção nos relatórios de sustentabilidade das empresas portuguesas. Estudos Do ISCA, 4(2), 1–16.

Câmara, R. H. (2013). Análise de conteúdo : da teoria à prática em pesquisas sociais aplicadas às organizações. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, 6(2), 179–191.

Cavalcante, R. B., Calixto, P., & Pinheiro, M. M. K. (2014). Análise de Conteúdo: considerações gerais, relações com a pergunta de pesquisa, possibilidades e limitações do método. Informação e Sociedade: Estudos, 24(1), 13–18.

Chiu, T. K., & Wang, Y. H. (2015). Determinants of Social Disclosure Quality in Taiwan: An Application of Stakeholder Theory. Journal of Business Ethics, 129(2), 379–398. https://doi.org/10.1007/s10551-014-2160-5

Decreto nº 7.984, de 8 de abril de 2013. (2013). Regulamenta a Lei nº 9.615, de 24 de março de 1988, que institui normais gerais sobre desporto. Brasília, DF. Recuperado em 04 abril, 2018, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/decreto/D7984.htm.

Felgueiras Silva, J. A., & Carvalho, F. A. A. de. (2009). Evidenciação e desempenho em organizações desportivas: um estudo empírico sobre clubes de futebol. Revista de Contabilidade e Organizações, 3(6), 96–116. Retrieved from http://www.rco.usp.br/index.php/rco/article/view/69

Fernandes, F. F., Nascimento, P. H. P. do, Monteiro, R. P. C., & Aparecida da Silva, M. (2017). Análise Comparativa do Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação do Ativo Intangível de Clubes de Futebol Brasileiros e Europeus. In Anais do XIV Congresso USP de Iniciação Científica em Contabilidade (pp. 1–16). São Paulo.

Ferreira, A., B., H., H. (2004). Novo Dicionário Eletrônico Aurélio versão 5.0 (3a ed.). São Paulo: Positivo.

Figueiredo, G. H., Santos, V. dos, & Cunha, P. R. da. (2017). Práticas de evidenciação em entidades desportivas : Um estudo nos clubes de futebol brasileiros. Enfoque: Reflexão Contábil, 36(1), 1–21.

Galvão, N. M. dos S., & Miranda, L. C. (2016). Participação e Evidenciação de Atletas nos Demonstrativos Contábeis de Clubes de Futebol Brasileiro. Gestão, Finanças e Contabilidade, 6(1), 112–131.

Itaú BBA. (2017). Análise Econômico-Financeira dos Clubes de Futebol Brasileiros 2017. Retrieved from http://textual.com.br/wp-content/uploads/2017/06/Analise-dos-Clubes-Brasileiros-de-Futebol-Itau-BBA-2017.pdf

Iudícibus, S., et al. (2010). Manual de Contabilidade Societária: Aplicável a todas as Sociedades de acordo com as Normas Internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas.

Prado, T., & Moreira, F. (2014). O Tratamento Contábil adotado pelos Clubes de Futebol no Registro de Atletas Profissionais e Amadores: um estudo das Demonstrações Contábeis do Exercício Social de 2012. In Anais do XIV Congresso USP de Controladoria e Contabilidade (pp. 1–16). São Paulo.

Raschka, I. M., Wallner, R. J. G., & Costa, K. B. da. (2008). Contabilidade esportiva: Um estudo sobre a evidenciação das Demonstrações Contábeis dos clubes paulistas de futebol. In Anais do VIII Congresso USP de Controladoria e Contabilidade (pp. 1–16). São Paulo.

Rezende, A. J., Dalmácio, F. Z., & Salgado, A. L. (2010). Nível de disclosure das atividades operacionais, econômicas e financeiras dos clubes brasileiros. Contabilidade, Gestão e Governança, 13(2), 36–50.

Sales, I. C. H., Andrade, L. F. F., & Ikuno, L. M. (2012). Impairmente e o setor de energia elétrica: Características da evidenciação contábil. Revista Ambiente Contábil, 4(1), 120–137.

Santos, C. A. dos, Dani, A. C., & Hein, N. (2016). Estudo da Relação entre os Rankings Formados pela Confederação Brasileira de Futebol e a Partir de Indicadores Econômico-Financeiros dos Clubes de Futebol Brasileiros. Podium Sport, Leisure and Tourism Review, 5(3), 41–59.

Segal, E. A., Prado, T. A. dos R., & Auxiliadora da Silva, M. (2015). NBC ITG 2003 - Um estudo sobre a evidenciação de informações relacionadas a atletas nas demonstrações contábeis de clubes de futebol brasileiros no ano de 2013. In Anais do I Congresso UFU de Contabilidade (pp. 1–18). Uberlândia.

Souza, A. G. De, Sousa, W. D. de, Nascimento, J. C. H. B. do, & Bernardes, J. R. (2016). Disclosure em Demonstrações Financeiras: um estudo sobre o nível de evidenciação contábil de clubes de futebol brasileiros no ano de 2013. Podium Sport, Leisure and Tourism Review, 5(3), 1–19.

Souza, A. L. F., Farias, J. P. F. de, Tavares, M. F. N., & Galvão, N. M. dos S. (2015). Divulgação de Informações Mandatórias e Voluntárias por parte dos Clubes de Futebol Brasileiro. In Anais do XiV Congreso Internacional de Costos (pp. 1–18). Medellín.

Tibúrcio Silva, C. A., Teixeira, H. de M., & Niyama, J. K. (2009). Evidenciação Contábil em Entidades Desportivas: Uma Análise dos Clubes de Futebol Brasileiros. In Anais do IX Congresso USP de Controladoria e Contabilidade (pp. 1–15). São Paulo.

Verona, M., Pereira, F. A., & Silvestre, A. O. (2016). Evidenciação contábil: uma análise da divulgação dos ativos intangíveis dos clubes de futebol brasileiro. In Anais do XX Congresso Brasileiro de Contabilidade (pp. 1–16). Fortaleza.


Texto completo: PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review e-ISSN: 2316-932X
Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP, (Brasil). 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.